Pablo Picasso: Pinturas e História


Escrito por:Guilherme Tebaldi   @   30 April 2012 0 Comentários

 
pablo picassoPablo Picasso foi um dos maiores artistas do século XX. Nasceu na Espanha (Málaga) em 1881 e morreu na França em 1973. Os pais de Picasso o estimularam a desenhar e a pintar e tinham um grande sonho: “que ele se tornasse um artista”. Antes de completar 15 anos, pintou seu primeiro quadro acadêmico a óleo.

Em 1899, vivendo em Barcelona, conviveu com artistas e intelectuais e montou um ateliê com os pintores Carlos Casagemas e Toulouse Lautrec. Em Paris, também no ano de 1899, conseguiu a liberdade necessária para realizar suas experiências estéticas. Já era um artista completo, um autodidata. Seu trabalho logo começou a ser reconhecido, admirado e incentivado pelas pessoas e pelos comerciantes de obras de arte (marchands).

As pinturas de Picasso passou por várias fases: a fase azul, em que aparecem personagens tristes, melancólicos e solitários. Algumas pessoas achavam maravilhosas aquelas pinturas azuis. Outras, incluindo o pai, diziam que elas eram muito estranhas. Isso significava que as pinturas de Picasso eram polêmicas.

quadro picasso

A fase azul terminou quando Picasso conheceu Fernanda. A paixão influiu nas pinturas, que passaram a ter uma cor mais alegre. Esse foi o início da fase rosa, em que ele retratou a arte circense, mostrando artistas, animais e trabalhando com cores mais alegres. Nessa fase, Picasso também começou a criar suas primeiras esculturas. A fase rosa, entretanto, não durou muito tempo, pois Picasse descobriu uma maneira de pintar diferente e intrigante. Desenvolveu um novo estilo de pintura, que ficou conhecido como Cubismo.

quadro pablo picasso

O Cubismo é considerado um dos mais importantes movimentos na história da arte moderna. Picasso começou a pintar pessoas e objetos que não pareciam naturais. Ele estava sempre chocando as pessoas, mas quando começou a pintar figuras humanas com nariz e olhos no lugares errados, até seus amigos mais próximos acharam que ele havia se distanciado muito da realidade. Picasso continuava trabalhando o Cubismo, modificando-o com o passar dos anos. As pinturas tornaram-se mais coloridas e planas e ficou mais fácil de distinguir o que ele pintava.

pintura picasso

Em 1937, um acontecimento fez com que as obras de Picasso se tornassem mais sérias e fortes. Durante a guerra civil que estava ocorrendo na Espanha, a pequena cidade da Guernica foi arrasada por bombas. Milhares de pessoas morreram ou ficaram feridas.

Picasso ficou triste e revoltado e usou sua arte para fazer uma obra que mostrasse como a guerra era fútil e traiçoeira. Ele deu ao quadro o nome da cidade destruída. Nesse trabalho, o artista usou cores mais escuras e várias expressões para transmitir toda a sua fúria e revolta. A obra é enorme: 3,6 metros de altura por 7,6 metros de largura.

picasso

A obra ainda faz parte da memória artística da humanidade. Exposta por mais de quarenta anos em Nova York, a tela só voltou à Espanha em 1981. Embora o pintor tenha ressaltado o carácter realístico da cena, não se pode duvidar de que se trata, também, de um convite ao surrealismo. Ou, como Picasso preferia, uma viagem pelo realismo com toques de metáfora.

picasso pintura

O que tornou Picasso um grande artista foi a sua originalidade. Durante toda a vida, ele usou a imaginação para tentar coisas novas e diferentes. Picasso viveu até aos 92 anos. Além de grande pintor, destacou-se como escultor, gravador, desenhista e ceramista. Também criou cenários e figurinos para peças de teatro.

Categoria: Publico 0 comentários

Mais páginas sobre Pablo Picasso: Pinturas e História

0 Comments

No comments yet. Be the first to leave a comment !
Leave a Comment

Previous Post
«
Next Post
»
G-scale designed by Make Your Own Website In conjunction with Web Hosting   |   Watch Movies Online   |   Computer Repair